quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Cãezinhos Amestrados

Por mais estranho que possa parecer existem alguns namorados que andam ás “ordens” das namoradas.
“Sim querida”, “como tu quiseres amor”, “claro que concordo contigo princesa”.
Raramente abrem a boca e quando o fazem é sempre para concordar com a sua mais que tudo, nunca colocando as opiniões desta em causa.
Elas até podem dizer aquilo que será a maior barbaridade aos olhos de todos, mas para eles está certo e parece fazer todo o sentido.

Era de esperar que todas as mulheres adorassem esta espécie, porque eles são uns fofos, carinhosos e ainda fazem tudo o que queremos e concordam com tudo o que dizemos.
Que podiamos querer mais?

Eu sinceramente acho-os uma seca e ate me podem chamar esquesita ou dizerem,“assim vais ficar sozinha”.
Eu prefiro um querido, fofo e carinhoso que tenha a sua própria personalidade e que saiba ter as suas próprias opiniões que, inevitavelmente, por vezes serão diferentes das minhas.
Isso é bom, pois uns arrufozinhos fazem bem e apimentam a relação, até porque depois há o chamado ”fazer as pazes”.

As pessoas são diferentes e não pensam sempre da mesma forma e isso faz, com que ao discutirem opiniões enriqueçam intelectualmente, o que é muito positivo.

Não é preciso serem umas bestas mas também não têm graça se forem uns cãezinhos amestrados.

PS:(Fiquem descansadas que nunca me calhou nenhum membro desta espécie, mas conheço alguns.)

6 comentários:

disse...

Não faço ideia de quem estejas a falar, mas concordo!
É que ás vezes também merecemos ouvir das boas e é preciso quem nos diga isso. Depois se tivermos de levar um tau tau...

Agora a sério, é coisa que aprecio: pessoas com..como é que se chama?? ah! opinião!

Meninos, tenham sal, tenham pimenta...sejam bem temperados por favor. Que para gente sem personalidade já basta uns que eu cá sei.

alentejana disse...

Rex... busca! Faz de morto ou morre mesmo, lol que sádica.

Ainda bem que não conheço ninguém assim, devem ser uma seca: "querido, tu és um perfeito anormal e um atraso de vida autêntico, fofo"; "oh amor obrigada, assim fico envergonhado morzinho, mas se gostas vou melhorar ainda mais essas minhas qualidades para te agradar coração da minha vida".

(fui vomitar e voltei)

Pintarolas para este número de circo (lembrando também os palhaços) "Cãezinhos amestrados". Brrravíssimo!

André disse...

Chama-se sabedoria. O mais certo é nem estarmos a dar atenção àquilo com que estamos a concordar e se se tratar de algo que envolva uma actividade, um "esqueci-me" em princípio resolve um caso. A verdade é que tudo tem um preço, e a discórdia pode-se pagar tão caro que nem vale a pena pensar nela. Depois logo se vê com o que é que concordámos.
Parabéns pelo blog.

Carlota disse...

Ouve o André que ele anda cá à muito tempo :)
Agora a sério, claro que gostamos que nos façam as vontades, mas que tenham opinião e vontade própria :)

Veruska disse...

Eu concordo com o André e com a Carlota :-)
Se for um cãozinho bem mandado, sem vontade própria não têm graça nenhuma...

Beijocas,

Bomboca disse...

Queridas meninas chego à conclusão que concordam todas comigo. Gostamos de queridos, fofos e que nos façam vontades mas com opinião e vontade própria ;)
(venham eles, para quem ainda não os tem claro)

Benvindo André e obrigada.
Essa pode ser uma boa estratégia sim, mas acredita que os há que são mesmo assim e não é estratégia.
Aborrecem só de ver lol

Bjocas a todos!